Abreu Fernanda - Garota Sangue Bom

Junto com a boca
Vem a coxa debochando
No compasso do escndalo dançante
Meio samba meio funk
Vem dançando no açcar
Da presença feminina carioca
Suburbana, carioca Zona Sul

Corpo que alma
Assim sublime irresistvel inspiraço
De cidade maravilha cortesa
Sintetizada pelas ondas
De um corpo feminino que
Prestgio de calibre sensual

Olha o jeitinho dela falar
Olha o jeitinho dela dançar
Olha o jeitinho dela olhar
Olha o jeitinho dela andar
Olha o jeitinho dela paquerar
Olha o jeitinho dela go-go-go

Garota carioca
Suingue sangue bom Garota carioca
Suingue sangue bom

D gosto de ver a inteligncia
Movendo um corpinho como esse

Luz gostosa de boate
Fervilhante pagodinho churrascante
Na noturna suburbana
Tem Garota Sangue Bom
No charme do suingue
Do desejo inevitvel
Que o convite irrecusvel
Que o açcar da presença
Feminina carioca
Quente paraso do esprito excitado
Pela festa dos sentidos animados pelo sol
Quente paraso do esprito excitado
Pela festa dos sentidos animados pelo mar

Garota carioca
Suingue sangue bom
Garota carioca
Suingue sangue bom
Date: 30.09.2018      View: 176